quarta-feira, 25 de maio de 2011

ELE É UM ANJO

Foi uma noite que parecia mais uma sexta-feira comum. Amigos, festas, diversão.
Em casa com fome, 3 da matina, resolvemos ir lanchar, ainda com os abadás e o sorriso no rosto pelas histórias ocorridas no rock.
Eu como sempre, um poço de simpatia,  logo tratei de implicar com o cara da mesa ao lado, porém depois de um tempo, já estávamos entrosados, todos nós. Todavia não podia imaginar o que viria depois.
Andando em direção à orla, eu e meus amigos nos sentamos na rotatória à beira-mar e decidimos ficar até o sol nascer. Ao olhar para o outro lado da rua avistamos um rapaz sentado, só ele e sua latinha na mão observando-nos. Alguns minutos depois minha amiga se deu conta de que ele era amigo dos meninos que havíamos conhecido há pouco. Então o chamamos para sentar conosco. E ele aceitou.
Só agora eu percebera como ele era bonito, não como um Deus grego, mas com seu jeito simples e descansado eu maquinei: é ele hoje, amanhã e por quanto tempo me for permitido. Se eu fosse um lobo diria que tive um imprinting, rs.
Meus amigos nos convidaram para ir à areia, ficar mais perto do mar, mas dei um jeito de ficar ali sozinha com ele. E consegui.
Antes queria saber sobre ele, sua família, seus estudos, sua vida. Prontamente em sua meiguice respondia a todos os meus questionamentos. O sono começou a aproximar-se e então deitei em sua perna, continuamos nossa prosa.
A cada palavra dita, sentia mais vontade de estar mais próximo ao seu rosto, mas resisti, até que num piscar de olhos nosso primeiro beijo aconteceu, tão naturalmente que nem sei explicar, foi lindo.
Passamos mais um dia juntos até que chegou a hora de partir, parecia que éramos apaixonados de longa data, mas tivemos que seguir nossos caminhos.
Hoje, embora distantes, estamos ligados, para ter esse poder de me arrebatar e prender meus pensamentos, é difícil não acreditar no sobrenatural.
Sim, ele é um anjo. Sem asas nem luzes ao redor, mas com um coração enorme e abraços que envolvem até a ultima vertente da alma.



ESCRITO EM 17/02/2011

2 comentários:

dyghu disse...

Quanto tempo que você não escreve nada aqui... rs, gente quem é esse anjo q nada se parece com um deus grego... eu conheço? rs

Cássia Marinho disse...

conhece não.. hauhauhauhaua
esse texto é do começo do ano, só postei pq gosto dele, do texto.. kkk

Postar um comentário