domingo, 20 de fevereiro de 2011

RETRATOS

Me olho no espelho e o que vejo?
Apenas um rosto pálido com olhos profundos
Toda a minha vida num reflexo.


Lembro-me de quando era jovem
Meu rosto bonito e olhar vibrante
Mas a morte levou meu único sentido ...


Você se foi, e junto a ti o meu fôlego
Vivo em um mundo onde a vida é uma lenda, e a noite fantasia
Busco algo que me reanime, que me faça voltar a viver.


Passeio por um vale sozinha, caminhando até te encontrar
ou quando a esperança não mais existir.
Eu caio e não consigo levantar
No meio da escuridão, elevo os olhos e te vejo chorando
Suas lágrimas de sangue são a chave para me libertar.

1 comentários:

dyghu disse...

O que mais me chamou a atenção foi a última frase. Gostei mto.

Postar um comentário